Tomografia Computadorizada na Odontologia.

tela_pc_01

A tomografia computadorizada vêm sendo utilizada amplamente na medicina e na odontologia. Nas cirurgias de reabilitação oral, especialmente na implantodontia, a tomografia computadorizada é fundamental para o planejamento de instalação de implantes dentários. Atualmente, as tecnologias disponíveis tornaram possível a integração de exames tomográficos e digitalizações tridimensionais dos pacientes em softwares para a realização de planejamentos cirúrgicos virtuais [1]. Dentro do ambiente computacional, tendo o software P3Dental como um exemplo, o cirurgião encontra ferramentas para realizar medidas anatômicas nas diferentes reformatações tomográficas, avaliar a qualidade e disponibilidade óssea e posicionar implantes dentários com maior segurança e previsibilidade protética [2]. A imagem abaixo apresenta a interface do software P3Dental.


implante dentário

O planejamento cirúrgico virtual realizado pelo cirurgião pode ser transferido para um software de modelagem tridimensional com o objetivo de projetar uma guia cirúrgica personalizada para o paciente. O projeto computacional da guia cirúrgica é enviado a um equipamento de manufatura aditiva para que a produção da mesma seja realizada através do método de impressão tridimensional ou prototipagem rápida.


A cirurgia guiada por computador oferece muitos benefícios para o cirurgião e para o paciente. O principal benefício é a segurança para a execução do procedimento cirúrgico. Através da cirurgia guiada o cirurgião pode realizar o procedimento sem cortes, com menor carga anestésica, com controle de angulação e profundidade de perfuração e instalação dos implantes em menor tempo. Devido ao procedimento cirúrgico guiado ser minimamente invasivo, o tempo de recuperação do paciente também é minimizado [3].

O cirurgião também pode beneficiar-se de outros recursos computacionais como a digitalização óptica e visualização tridimensional de modelos de arcada, realização de planejamento reverso com base em referencial protético obtido a partir da duplicação de enceramento diagnóstico (Figura 2), exodontias virtuais, análise qualitativa e quantitativa das estruturas ósseas das regiões anatômicas de interesse, além de armazenar digitalmente os exames e planejamentos cirúrgicos dos pacientes.


p3dental_02

Por fim, com base nas considerações mencionadas anteriormente, o uso da informática na medicina e na odontologia mostra-se, cada vez mais, imprescindível. A implementação de forma planejada do fluxo digital do processo na rotina clínica-cirúrgica, ou seja, da realização do exame à execução dos procedimentos cirúrgicos-protéticos, pode ser uma iniciativa com excelente relação de custo-benefício para o cirurgião e para o paciente.

Quer saber mais sobre cirurgia guiada de implantes ?

Acesse: http://www.p3dental.com.br

REFERÊNCIAS

[1] MORA, M. A. et al. Software Tools and Surgical Guides in Dental Implant-Guided Surgery. Dental Clinics of North America, Volume 58 (2014), Issue 3, Pages 597-626.

[2] www.p3dental.com.br

[3] GANZ, S. D. Computer-aided design/computer-aided manufacturing applications using CT and cone beam CT scanning technology. Dental Clinics of North America, Volume 52 (2008), Issue 4, Pages 777–808.

#implantesdentário #tomografia #odontologiaimplantes #virtual #p3dental #implantaçãodentária #odonto #implantesdentales #planejamentocirurgico #medicina #protesefixa #odontologia #implantesdedentes